terça-feira, 8 de maio de 2018

Te libero 

Ontem* tive um insight. Entendi que quero que Miguel seja amado. Que quero que ele tenha relações e se comporte de modo a que todos o amem. Mas eu quero isso pra mim. Eu é que sou assim. Não sei se ele é assim. Talvez ele não esteja nem aí se vão amá-lo. Se vão aprová-lo. Ele quer ser ele. Fazer o que ele sente. Ser leal aos seus sentimentos e pensamentos. 

Te libero filho para ser você. Pra seguir suas necessidades e não as minhas. Te libero das minhas crenças. Das minhas limitações. Dos meus medos. Te deixo ser quem você é. O que você é. O que faz sentido pra você. O que te conecta com sua essência. 

Vai filhote, ser Miguel na vida!

*escrevi esse texto no dia 5.5.2018

Nenhum comentário:

Postar um comentário